Um novo começo

foca_na_noite_09

Hoje eu terminei uma coisa muito importante para min. Eu sempre fui apaixonado por jogos, mas durante muito tempo só pude jogar em um computador, pois não tinha condições de ter um console. Dês dessa época, eu já era apaixonado por uma trilogia que eu só conseguia jogar o começo no computador.

Anos se passaram, eu comecei a trabalhar, comprei um console e todos os jogos da trilogia. Fiquei exatamente dezessete dias desconectado do mundo a fora, jogando sempre que tinha tempo disponível e vivendo a história do começo até o fim.

Quando finalmente acabei o terceiro jogo… Senti uma sensação de dever cumprido, de conquista, como se eu realizasse um sonho de muito tempo. Depois senti tristeza… Me senti perdido, sem saber o que fazer agora ou como continuar, nesses últimos 17 dias eu só pensava nisso e agora… Acabou.

Assim que me deparei com a futilidade do meu desespero, parei para pensar no conceito de fim. Tudo que tem um começo tem um fim. Pode ser um jogo, musica, uma história, uma vida… Ultimamente, eu particularmente tenho me deparado com muitos finais na minha vida. Um amigo muito querido, o sonho de jogar meu jogo favorito, a série de livros que me inspirou a escrever, a série de TV que acompanhou minha vida, meu antigo trabalho, meus antigos estudos, meus antigos colegas e até parte da minha família.

Eu aprendi a conviver com os finais apesar de na sua maioria eles serem dolorosos, acredite é melhor assim, pois quando o final não é doloroso é porque o durante foi. Mas independente do final, ele sempre deixa uma sensação de vazio e a pergunta “E agora?”.

Quando o final é um jogo, uma música, uma obra, um projeto, é fácil continuar porque basta ir em busca de um novo desafio. Mas existem finais que não tem continuações, esses são os mais dolorosos e mais difíceis de serem superados, esses momentos são muito particulares e cada pessoa reage de um jeito.
Que a ciência atire pedras em min, mas eu acredito que não existe formula, meio ou solução para isso, cada um de nós cria ou descobre sua própria força para se erguer diante da dor.

Eu aprendi que a única coisa importante nos grandes finais é a pergunta que ele deixa para você, pois o final só existe para que aconteça um novo começo.

Reflita mais na Ágora

Anúncios

Um pensamento sobre “Um novo começo

  1. Pingback: O Argumento Capitalista: A Traição | Foca na Noite

O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s